domingo, 9 de janeiro de 2011

A luz do dia fez-me despertar depois de uma noite perfeita. Olho para o lado e, lá estás tu, sereno, a dormir como um anjo.
Com a minha mão percorro o teu corpo sem nunca te tocar, queria despedir-me de ti mas tive medo de que um mero olhar teu me fizesse voltar atrás.
Algo me impedia de sair do teu lado, talvez porque te amei como nunca tinha feito.
Aproximei-me de ti para sentir o calor do teu corpo, uma última vez. 
Fui cobarde, preferi fugir do sofrimento em vez de me entregar, de te amar.
Beijei-te com o maior cuidado do mundo para que não acordasses e… Até um dia.

4 comentários:

  1. Desculpa a intromissão mas tive vontade de comentar... Simples mas cheio de sentimento, gostei bastante! Vais escrever mais?! Escreve! Escrever é viver uma realidade, verdadeira ou não, noutra dimensão... é mágico! E é muito bom partilhar isso... eu acho, mas é só a minha opinião...
    E parabéns pelo bom gosto musical :P
    *

    ResponderEliminar
  2. Oh muito obrigada :'D
    Adoro escrever, e é claro que hei-de escrever mais, mas tenho que ter a inspiração. Escrever leva-me a outro mundo *.*
    Obrigada a sério :D e ainda bem que gostaste da música :p

    ResponderEliminar