domingo, 9 de outubro de 2011

Perdi a conta às vezes que risquei cada palavra que escrevi, até que cheguei à conclusão de que palavra alguma consegue descrever a nossa bela amizade. Resta-me agradecer-te por me aturares e por me proporcionares os momentos mais felizes, por teres entrado na minha vida e me deixares fazer parte da tua, por seres sincera, por seres quem e como és.
Obrigada por deixares que te chame de irmã, acredita que o faço com o maior orgulho e com o maior amor... de irmãs.
Amizades que se dizem verdadeiras vêm e vão, a nossa ficou e deixámos que fortalecesse. Tenho a certeza de que é para sempre. 


Amo-te irmã!

7 comentários:

  1. É para sempre. Sinceramente nem sei o que dizer. Sinto que ainda temos tanto, mas tanto para dizer uma à outra, mas as palavras certas são usadas vezes sem conta. Um amo-te já se torna tão elementar na nossa amizade. Este sim é um verdadeiro amor. E este amor é nosso. Amo-te minha irmã.

    ResponderEliminar
  2. Bonito e sentido.
    Gostei Marta.

    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada, Anónimo. E obrigada pela sua visita :)

    ResponderEliminar
  4. Nada minha querida :) Talvez um dia saibas quem sou ;) beijo

    ResponderEliminar
  5. Tenho a certeza de que vou gostar de saber :)
    Visite o blog sempre que quiser :)

    ResponderEliminar